Sábado, 25 de Janeiro de 2020

Buscar  
Mundo Cristão

Publicada em 13/01/20 às 08:33h - 2 visualizações
Ex-muçulmano, condenação de 10 anos do Pastor Yousef Nadarkhani é mantida pelo Irã

Rádio Gospel Da Covilhã


 (Foto: Rádio Gospel Da Covilhã)

A história do pastor Yousef Nadarkhani possui um longo capítulo. Desde 2009 o líder cristão, que foi muçulmano por toda sua vida, mas abandonou o islamismo ao compreender a Verdade revelada pela Bíblia na pessoa de Jesus Cristo, vem lutando para ser absolvido das acusações promovidas pela intolerância religiosa do Irã, país que tem o islamismo como sua doutrina oficial de Estado.

Condenado a 10 anos de prisão em 6 de julho de 2017 por tentar organizar, legalmente, uma igreja evangélica em sua própria casa, Yousef Nadarkhani foi acusado de promover o “cristianismo sionista”, isto é, baseado na herança do Antigo e Novo Testamentos, reconhecendo Jesus Cristo como o Messias prometido.

Assim como Yousef, outros três líderes cristãos receberam a mesma sentença. Todos ex-muçulmanos. São eles Mohammadreza Omidi, Yasser Mossayebzadeh e Saheb Fadaie.

Os advogados de defesa entraram com uma apelação no Tribunal Revolucionário de Teerã, pedindo a libertação dos cristãos, mas não obtiveram sucesso e a condenação foi mantida, conforme sentença publicada no último dia 2 de maio.
Às autoridades muçulmanas do Irã fizeram várias propostas ao longo dos anos para que o pastor Yousef abandonasse o cristianismo e voltasse para o islamismo. Chegaram a prender sua esposa e ameaçar a retirada da guarda dos seus filhos, como forma de pressionar o pastor, mas ele se manteve fiel ao Senhor Jesus e recusou todas às vezes.

A República Islâmica do Irã, como é reconhecida oficialmente a antiga região da Pérsia, ocupa a 10ª posição na lista mundial de perseguição religiosa elaborada pela organização Portas Abertas. A renúncia ao islamismo é considerada “apostasia” merecedora de punição, motivo pelo qual líderes como Yousef sofrem extrema perseguição religiosa.

A Portas Abertas pede aos cristãos em todo mundo que orem pelos quatros irmãos presos, para que Deus conforte suas famílias e para que “a Corte Revolucionária e os juízes do Irã parem de intimidar cristãos ex-muçulmanos e respeitem o direito de todos à liberdade de religião”.

Fonte: Gospel Mais



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


No Ar
Musica Gospel Internacional com Musica Gospel Internacional



+351 967 810 951

Peça sua Música


Nenhuma pedido cadastrado


Estatísticas
Visitas: 46180 Usuários Online: 9


Enquete
Deseja Ajudar a Rádio Gospel Da Covilhã?

 sim orando
 sim contribuindo mensalmente
 sim contribuindo uma vez
 não desejo contribuir

Nossos Blogs
Previsão do Tempo
Noticias Atualisadas


Parceiros

Copyright (c) 2020 - Rádio Gospel Da Covilhã - Todos os direitos reservados