Quinta-feira, 21 de Novembro de 2019

Buscar  
Mundo Cristão

Publicada em 12/10/19 às 05:42h - 26 visualizações
Contra a perseguição, igrejas na China se dividem em pequenos grupos e cresce muito

Rádio Gospel Da Covilhã


 (Foto: Rádio Gospel Da Covilhã)

No popular é famosa a afirmação de que cristãos são como massa de pão: quando mais batem, mais cresce! Essa associação não é por acaso, pois ela se mostra verdadeira na história da Igreja ao longo dos séculos, onde a perseguição religiosa foi e ainda é uma constante, especialmente em países como a China.

Liderada pelo Partido Comunista Chinês, a China intensificou sua perseguição aos cristãos no país em 2017. Uma das ações foi a divulgação de um documento chamado “Medidas para a administração de grupos religiosos”, que tem por objetivo estabelecer meios de repressão ao avanço do cristianismo no país, além de outras minorias religiosas.

“O controle da igreja está no alto da agenda política. Desde 2017, o governo fecha algumas igrejas grandes, monitorando e pressionando os pastores a limitar o crescimento da igreja”, disse Julie, uma informante da organização internacional Portas Abertas, que por razões de segurança teve o seu nove verdadeiro omitido.

“Houve, é claro, uma reação inicial contra os novos regulamentos religiosos, restrições sobre como, onde e quando os crentes podem se encontrar e os avisos de graves consequências para funcionários públicos, médicos, professores e membros do Partido Comunista que frequentam a igreja”, acrescentou.

Apesar disso, a informante contou que a intensificação da perseguição tem provocado um efeito contrário ao pretendido pelo Partido Comunista da China, pois para driblar a intolerância religiosa, muitas igrejas estão se dividindo em pequenos grupos, o que tem feito surgir novos líderes, multiplicando assim o número de “células”.

“Com o tempo, os pastores se tornaram mais otimistas porque ficaram com um grupo principal de cristãos que contabilizou o custo”, disse Julie, se referindo aos veteranos que passaram por ondas de perseguição. São esses cristãos experientes que permanecem firmes na fé e estão transmitindo seus conhecimentos aos demais.

Atualmente a China ocupa a posição número 27º da Lista Mundial da Perseguição da Portas Abertas, composta por 50 países. Mas, ao mesmo tempo, também é um dos países onde o cristianismo avança rapidamente, para o desespero do Partido Comunista.

Como afirmou Horace Greeley em uma citação de Robert J. Hutchinson em Uma História Politicamente Incorreta da Bíblia: “Seria impossível escravizar mental ou socialmente um povo que lê a Bíblia. Os princípios da Bíblia são a infraestrutura da liberdade humana”.

 Com informações: Guiame.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


No Ar
Musica Gospel Internacional com Musica Gospel Internacional



+351 967 810 951

Peça sua Música


Nenhuma pedido cadastrado


Box De Donativos

 Se Desejar Abençoar Este Ministério Com o seu contributo clique na nossa box de Donativos

                                                                      

                        5
Estatísticas
Visitas: 41761 Usuários Online: 80


Enquete
Deseja Ajudar a Rádio Gospel Da Covilhã?

 sim orando
 sim contribuindo mensalmente
 sim contribuindo uma vez
 não desejo contribuir

Nossos Blogs
Previsão do Tempo
Noticias Atualisadas


Parceiros

Copyright (c) 2019 - Rádio Gospel Da Covilhã - Todos os direitos reservados